Fórum Cultural enche para encontro de cantares quaresmais

IDANHA-A-NOVA

O Fórum Cultural de Idanha-a-Nova encheu este sábado, dia 12 de abril, por ocasião do VII Encontro de Cantares Quaresmais.

O evento, inserido nas comemorações pascais e quaresmais promovidas pelo Município de Idanha-a-Nova, foi composto por dois momentos musicais intervalados por uma tertúlia.

Momento de uma das atuações

Num primeiro momento atuaram quatro grupos de cantares. Escutaram-se os cânticos do Grupo de Santo Amaro de Azurara de Mangualde com o Amentar das Almas”, do Grupo da Zebreira, Idanha-a-Nova com a Encomendação das Almas”, do Grupo da Lousa de Castelo Branco com a Encomendação das Almase os Martírios de Cristo e do Grupo da Aldeia de Santa Margarida, Idanha-a-Nova com a Encomendação das Almas.

Seguiu-se uma mesa redonda com a presença de João Ferreira, Maria Odete Marcelino, Ofélia Roseiro e Maria de Jesus Leitão, moderada pelo coordenador do projeto “Mistérios da Páscoa em Idanha”, António Catana.

O historiador e investigador defendeu a necessidade de se preservar e valorizar a profunda riqueza dos cantares quaresmais de Idanha-a-Nova.

Em representação deste município, esteve presente a vice-presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Idalina Costa. A autarca lembrou que os cantares quaresmais podem ser um fator de união cultural entre as várias regiões do país, devendo valorizar-se, porém, as especificidades locais, que no nosso concelho são muito ricas.

O encontro encerrou ao som da voz de Filipa Carvalho, artista com raízes no concelho de Idanha-a-Nova, mais concretamente da Zebreira, que interpretou fados de Lisboa.

Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *