Medelim inaugura unidade de turismo rural

IDANHA-A-NOVA

Armindo Jacinto inaugura Casa de Campo Sefarad

Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, inaugurou no passado dia 29 de março, uma nova unidade de turismo rural em Medelim, durante o evento Páscoas Judaica e Cristã que decorreu naquela aldeia.

A Casa de Campo Sefarad, denominação hebraica para designar a Península Ibérica, inspira-se no legado judaico em Medelim e está vocacionada para receber a comunidade judaica espalhada por todo o mundo.

O projeto teve como promotor a família Belorico, com raízes em Medelim, que recuperou o antigo colégio da aldeia e converteu o espaço numa unidade de três pisos com seis suites.

Armindo Jacinto e Bruno Belorico

Bruno Belorico explica que a ideia foi “potenciar o facto de Medelim integrar uma rota judaica para captar turistas dessa comunidade”, apostando ao mesmo tempo num estilo contemporâneo para o espaço, desenhado por um arquiteto japonês.

Nessa linha estratégica, a denominação dos quartos homenageia importantes personalidades judaicas da região beirã, sendo estes apoiados por uma sala com o nome do cristão-novo Fernando Pessoa e por uma cozinha.

O próximo passo será certificar a unidade de alojamento de acordo com os padrões kosher, que atendem às exigências da comunidade judaica no fornecimento de alimentos.

No ato inaugural, Armindo Jacinto afirmou que a nova unidade de alojamento “vem engrandecer e sobretudo diversificar a oferta turística do concelho de Idanha-a-Nova”, enaltecendo a ligação da casa de campo à cultura judaica, numa aldeia onde residiu uma importante colónia de judeus.

A nova unidade hoteleira

Por seu lado, o presidente da Junta de Freguesia de Medelim, Albano Pires Marques, frisou que cabe agora à população local “olhar pelo empreendimento” da família Belorico, “dinamizá-lo e promovê-lo”.

Refira-se que o concelho de Idanha-a-Nova conta atualmente com uma oferta de 1100 camas de alojamento turístico qualificado.

O projeto da Casa de Campo Sefarad foi comparticipado pelo PRODER, através da Associação de Desenvolvimento da Raia Centro-Sul (ADRACES), que também esteve representada na cerimónia de inauguração por Armindo Jacinto, vice-presidente da entidade.

Esta entrada foi publicada em Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *