Autarquia estuda colocação de câmaras

VIDEOVIGILÂNCIA NA FLORESTA

Vítor Antunes, vice-presidente da Câmara de Oleiros, disse hoje que a autarquia está a estudar a possibilidade de colocar duas ou três câmaras de videovigilância em zonas florestais do concelho.

A Câmara já teve oportunidade de conversar em relação às zonas de floresta no concelho que não têm vigilância e é nossa intenção colocar essas câmaras nesses locais. Estamos a trabalhar nesse sentido“, afirmou o autarca.

Vítor Antunes falava, à margem de uma reunião de apresentação do Plano Operacional Municipal (POM) da Defesa da Floresta Contra Incêndios (DFCI) para 2014, que decorreu em Oleiros.

O vice-presidente da autarquia explicou que o município está a trabalhar para que seja possível a colocação das câmaras de videovigilância em funcionamento ainda este ano.

Será ótimo, se isso acontecer. Caso não seja possível, vamos trabalhar para que isso seja uma realidade no mais curto espaço de tempo“, referiu ainda o autarca.

Sobre este assunto, o Comandante Operacional Distrital do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco disse que todos os meios que “possa ter em um qualquer concelho do distrito [Castelo Branco] são sempre uma mais-valia”.

Registamos com agrado esta disponibilidade do município no sentido de ter câmaras de apoio“, referiu Rui Esteves, que sublinhou, no entanto, que o pilar da vigilância é da responsabilidade da GNR.

Esta entrada foi publicada em Autarquias, Oleiros. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *