Comunistas defendem a gestão pública da água

22 DE MARÇO DIA MUNDIAL

 

Dia Mundial da Água

 

 

 

 

Assinala-se, hoje dia 22, sob a égide das Nações Unidas, o Dia Mundial da Água, tendo como tema a Água e a Energia.

 

A Água é de todos

Em comunicado chegado à nossa redação, a Direção da Organização Regional de Castelo Branco (DORCB) do Partido Comunista (PCP) alerta para o “momento em que o acesso a estes bens e serviços essenciais continua a ser uma miragem para centenas de milhões de seres humanos: 800 milhões não têm, acesso a água potável; 2,5 mil milhões continuam sem saneamento adequado e mais de mil milhões sem energia elétrica”.

 

Depois de relembrar que, em Portugal, “o direito à água” foi uma conquista do 25 de Abril, os comunistas alertam para a ameaça de “transformar a água num negócio”, num tempo em que o governo quer entregar à exploração privada este serviço público essencial, agravada pela brutal ofensiva antissocial e anti laboral que, segundo o PCP “continua a atirar milhares de famílias para a miséria e a pobreza”.

 

Água bem essencial

Tudo isto, segundo o comunicado do PCP, trata-se de uma ofensiva cujas consequências são, também já hoje, visíveis nas dificuldades financeiras dos municípios que integram os sistemas multi-municipais, e nos negócios ruinosos dos que privatizaram/concessionaram os sistemas de distribuição como é o caso do Fundão, como a Auditoria do Tribunal de Contas veio a demonstrar, ou da Covilhã, cuja fatura da água é uma das mais caras do país.

Água cada vez mais cara

Negócios que o PCP sempre combateu e combaterá, pelo que neste dia exorta uma vez mais as populações e os trabalhadores a agirem em defesa da água pública, impedindo a sua privatização”, afirmam os comunistas.

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Política. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *