Do Tejo ao Zêzere inspirada pelos aromas do poejo e hortelã

SABORES DE RÓDÃO NA BTL

Aspeto do stand

Os municípios de Vila Velha de Ródão e Oleiros uniram esforços para a proposta gastronómica, coordenada pelo Chef Leonel Barata, responsável pela cozinha do Hotel Santa Margarida, em Oleiros, e assessorada pelo jovem rodense, Pedro Ribeiro, estudante de cozinha na Escola de Hotelaria do Fundão, oferecida aos visitantes da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), no passado dia 15 de março, no espaço do Turismo do Centro, proporcionada pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, sob o mote Do Tejo ao Zêzere.

Ambos confecionaram e apresentaram uma refeição baseada na tradição dos dois territórios beirões e nos produtos que caraterizam a sua cultura gastronómica: o peixe do rio e as sopas de peixe, no caso específico de Ródão, e os maranhos, desta feita envoltos na couve portuguesa, em representação de Oleiros. Na composição dos pratos apresentados e que despertaram grande interesse do público presente, destacaram-se as notas de pormenor dadas pelas plantas que aromatizam e individualizam, de modo decisivo, as particularidades da cozinha regional; falamos do poejo sem o qual as sopas de peixe não teriam sentido e a hortelã que ameniza os sabores fortes do maranho.

Esta demonstração, que apesar do tardio da hora prendeu um elevado número de interessados, ficou a ideia do sucesso da mesma e da surpresa que ambos os pratos representaram para os presentes que os degustaram com expressiva satisfação e procuraram saber mais sobre o como fazer e, sobretudo, onde o poder comer.

No caso de Vila Velha de Ródão aguarda-se por estes interessados na 2ª edição do Festival das Sopas de Peixe que irá acontecer entre os dias 21 e 28 de junho, durante a semana gastronómica que culminará com a Feira de Atividades do concelho.

Esta entrada foi publicada em Oleiros, Vila Velha de Ródão. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *