Idanha-a-Velha recebe Academia Internacional de Cenografia

ARMINDO JACINTO E JOSÉ MANUEL CASTANHEIRA APRESENTAM

Academia Internacional de Cenografia vai para Idanha-a-Velha

O concelho de Idanha-a-Nova vai acolher a Academia Internacional de Cenografia, que ficará instalada na aldeia histórica de Idanha-a-Velha, na Incubadora de Industrias Criativas que ali terá sede.

O projeto foi apresentado pelo presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, e pelo conceituado arquiteto e cenógrafo José Manuel Castanheira, no âmbito das comemorações do 17º aniversário do Centro Cultural Raiano.

A iniciativa resulta de uma colaboração entre as duas partes, que no ano passado se estreitou através da realização em Idanha-a-Velha dos Encontros Internacionais de Cenografia (SCENA 2013) e da edição da obra “Castanheira – Cenografia”, ambas as ações apoiadas pelo Município de Idanha-a-Nova.

“O projeto da Academia Internacional de Cenografia é inspirado pela realização do SCENA 2013 em Idanha-a-Velha e por uma urgente tarefa de recuperar a tradição para o vigoroso confronto com a vanguarda. A Academia será um lugar polifacetado, com ações variadas e multidisciplinares, dentro de um conceito abrangente de cenografia contemporânea”, explicou José Manuel Castanheira.

No entender do cenógrafo, a Academia “torna-se possível graças à compreensão e visão da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, que entendeu a forma como o projeto poderá contribuir para o crescimento orgânico de um território privilegiado em património e em força e beleza da natureza”.

O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova adiantou que a Academia Internacional de Cenografia vai ficar instalada na Incubadora de Industrias Criativas, em Idanha-a-Velha, onde há vários outros projetos em curso.

A ocasião foi ainda aproveitada para apresentar em Idanha-a-Nova o livro “Castanheira – Cenografia”, edição comemorativa dos 40 anos de atividade do cenógrafo. Trata-se de uma obra de grande formato editada pela Caleidoscópio e apoiada pelo Município de Idanha-a-Nova, profusamente ilustrada com 500 páginas e mais de 1200 fotos e desenhos.

Encontram-se detalhadas no livro, desde a conceção à construção e exibição, cerca de uma centena de cenografias de José Manuel Castanheira, produzidas sobretudo em Portugal, Espanha, Brasil, Reino Unido e Itália.

Academia apresentada

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *