Anúncio de Edital, Rota do Moradal-Pangeia vai ser realidade

ANÚNCIO/EDITAL

1/2014

Município de Oleiros


Implementação da Rota Moradal-Pangeia

AVISO AOS PROPRIETÁRIOS DE TERRENOS

Freguesias de: Estreito-Vilar Barroco, Sarnadas de S. Simão e Orvalho

A Grande Rota do Moradal – Pangeia, é um projeto que visa a valorização e internacionalização do património natural e arqueológico do concelho,através da sua integração no Trilho Internacional dos Apalaches.

O trilho português, a ser implementado em Oleiros – nas freguesias de Estreito-Vilar Barroco, Sarnadas de S. Simão e Orvalho, recebe o nome Rota do Moradal – Pangeia em alusão à emblemática montanha quartzítica deste concelho, muito valiosa em geo e biodiversidade, assim como aocontinente que existiu até há 200 milhões de anos e que reunia todos os continentes que existem atualmente.

Com a introdução em Portugal do mais famoso percurso pedestre do mundo, mais precisamente em Oleiros, permite-se não só essa ligação transcontinental, numa aproximação ao mercado americano, como também se potencia a diversificação da oferta turística desta região do Geopark Naturtejo, sob os auspícios da UNESCO, apostando no turismo de natureza e no touring cultural e paisagístico.Dando diversidade à oferta de experiências ao longo do percurso e pretendendo alargar o leque de potenciais utilizadores, para além da existência deuma via de BTT, da valorização de miradouros existentes e da recuperação de trilhos antigos, o projeto contempla ainda uma escola de escalada euma Via Ferrata com 150 m, a primeira a ser implementada em Portugal.Inserindo-se na estratégia de organização e valorização dos pontos de interesse do concelho e no âmbito do projeto agregador – Rota das Montanhas de Oleiros, a Grande Rota do Moradal – Pangeia, será um eixo turístico de características polivalentes para dar resposta aos diferentes públicos eampliar o interesse de qualquer visitante em conhecer a região.

A sua implementação requer a abertura/limpeza de pequenas “veredas” e desobstrução de passagem, o que inclui corte de matos existentes e pequenas desramações de árvores ou arbustos.

Todos os trabalhos serão feitos por gestão moto-manual da vegetação, sendo o material sobranteincorporado no solo. A previsão de início dos trabalhos é dia 1 de Março de 2014, nos locais assinalados em planta anexa.

O acompanhamento dos trabalhos será feito pela Junta de Freguesia de Estreito/Vilar Barroco, pelo que qualquer outra informação adicional deverá ser obtida junto da mesma.

E para constar se lavrou o presente anúncio/edital que vai ser afixado nos lugares designados por lei, na impossibilidade de contactar pessoalmentetodos os proprietários.

Município de Oleiros, 10 de Fevereiro de 2014.

O Presidente da Câmara Municipal

* (Fernando Marques Jorge) Documento com assinatura legível

Anexos: A publicar em breve

Nota: O presente documento será também publicado na edição em papel.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *