Oleiros apoia a fixação de famílias

Município de Oleiros apoia a fixação de famílias

Para além de vários incentivos concedidos aos munícipes Oleirenses, de onde se destaca o benefício fiscal decorrente  do facto de a autarquia prescindir de 5% da receita de IRS (a taxa máxima aplicável) em benefício dos contribuintes residentes em Oleiros, encontra-se em apreciação pública o projeto de Regulamento de Atribuição de Apoios Sociais, aprovado em Reunião de Câmara do dia 24 de janeiro e o qual pretende reforçar o apoio social às famílias do concelho de Oleiros e compreende o “Programa Oleiros Jovem”.

Este programa pretende apoiar a fixação de jovens e famílias, contribuindo para a melhoria das condições de vida dos jovens casais do concelho de Oleiros, com o intuito de fomentar o aumento da taxa de natalidade, bem como a fixação e atração de novas famílias. O programa inclui um conjunto concreto de incentivos, tais como Apoio à 1.ª Infância e Apoio à Habitação, medidas que se traduzem num incentivo à natalidade e à criação de habitação própria no concelho, respetivamente. Em ambas se considera a atribuição de apoios monetários (em montantes máximos que podem atingir os 5.000 e os 2.500 euros, respetivamente, o primeiro a ser gasto no comércio local) que em muito vêm apoiar os agregados familiares residentes no concelho. Desta forma, Oleiros vê fortalecida a sua capacidade de atração e fixação de população.

Saiba mais sobre estas medidas…

– Apoio à 1.ª Infância – são abrangidas por esta medida todas as famílias que residam e estejam recenseadas no concelho de Oleiros há, pelo menos, 2 anos. Esta medida destina-se a incentivar a natalidade e traduz-se na atribuição de um apoio no montante máximo de 5.000 euros, faseado durante 3 anos (1.750 euros no primeiro ano de vida da criança, 1.750 euros no segundo ano e 1.500 euros no terceiro ano).

Estes valores têm de ser gastos em bens alimentares ou materiais (essenciais para as crianças) em estabelecimentos comerciais do concelho de Oleiros que adiram a esta iniciativa, assim como no pagamento das mensalidades devidas às Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho.

– Apoio à Habitação – são abrangidas por esta medida todas as famílias que residam e estejam recenseadas no concelho de Oleiros há, pelo menos, 2 anos e que um dos cônjuges tenha idade até 35 anos (inclusive). Esta medida destina-se à criação de habitação própria no concelho e será instituída nos seguintes apoios:

a) Na compra de habitação própria, quer em fração, quer em edifício, a comparticipação será de 2.500 euros;

b) No caso de construção, quando o terreno for propriedade dos beneficiários, a comparticipação será no montante de 2.500 euros, dividido em duas tranches de 1.250 euros (a primeira aquando da emissão da respetiva licença de construção e a segunda, aquando da emissão de alvará de licença de utilização).

Oleiros acolhe

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *