INQUIETUDE – O melhor do mundo

Inquietude

O melhor do mundo

CR 7

 A FIFA atribuiu na passada segunda-feira, em mais uma feira de vaidades, o troféu Bola de Ouro a Cristiano Ronaldo o que faz dele, pela segunda vez o melhor jogador do mundo.

Mais do que o prémio que agora recebeu, importa relembrar que Cristiano tem um percurso de vida que, para muitos, teria sido um caminho para o abismo. Oriundo de famílias muito humildes da cidade do Funchal, na Madeira, o ainda miúdo, veio para Lisboa e para o Sporting sozinho e apenas com onze anos. Para muitos seria o suficiente para desanimar e perder-se por maus caminhos, pese embora o grande trabalho que o departamento de formação do Sporting sempre desenvolveu, junto dos seus miúdos, nas mais variadas vertentes.

Foi aí que se começou a ver a fibra de Cristiano. Depois, bem foi o salto para o estrelato, para Inglaterra e para o Manchester United, onde aprendeu a ser um campeão e se fez homem. Com muito trabalho, muitos conselhos e mais uma vez muito reconhecimento.

Cristiano Ronaldo é um belíssimo exemplo para a sociedade portuguesa. É um homem que sabe estabelecer metas, que as procura atingir e nunca desiste de lá chegar.

É um vencedor nato. E para sê-lo não basta querer. Tem de o demonstrar. E Ronaldo fá-lo. Todos os dias. Todos os meses. Todos os anos. Cristiano procura melhorar a todo o tempo que passa. Por isso treina para além do que lhe é exigido. Chega mais cedo e parte mais tarde nos treinos. Sempre foi assim. Busca, porventura, a perfeição, na medida em que ela é possível. É pois o melhor exemplo para todos nós, portugueses. Perseverança, trabalho, ambição, conjugação para o êxito. Acreditar sempre que é possível. Mesmo até quando parece não ser.

Mas para além de exemplo para os seus compatriotas, Cristiano é já o melhor e mais prestigiado embaixador das gentes portuguesas e do Portugal de hoje e de amanhã.

Foi este Cristiano, que após quatro anos de interregno, voltou a conquistar o troféu mais ambicionado por qualquer futebolista.

Com justiça, trabalho, suor e lágrimas. Lágrimas de felicidade mas também de raiva.

* INQUIETUDE, Coluna semanal do Director-Adjunto do Jornal de Oleiros, às 5ªs feiras.

CR 7

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *