Belmonte combate a quebra de natalidade

COMBATER A QUEBRA DE NATALIDADE

Belmonte apoia nascimentos no concelho

De forma a combater o decréscimo de população que de ano para anos se acentua cada vez mais, a Câmara Municipal de Belmonte, decidiu na primeira reunião do executivo de 2014, realizada a 2 de janeiro, aprovar dois regulamentos, Nascer no Concelho de Belmonte e Primeiro Enxoval e Subsídio de Apoio à Família, que visam exatamente combater o problema da baixa natalidade.

O primeiro dos regulamentos, Nascer no Concelho de Belmonte, é uma novidade que tem como objetivo incentivar o número de nascimentos no concelho, através da atribuição de uma verba, 100 euros, por cada nascimento de bebé. É um apoio da autarquia que não pretende mais do que simbólico, “mas que quer ser representativo da importância que dá ao crescimento das famílias no concelho”, explica a Câmara em comunicado.

Quanto ao regulamento Primeiro Enxoval e Subsídio de Apoio à Família, está já implantado no município, sendo agora reforçado, também como incentivo à natalidade junto das famílias mais carenciadas. Para além disso reforça o apoio ao comércio local, já que 50% das compras têm de ser realizadas nesse canal.

O presidente da Câmara Municipal, Dias Rocha, diz que “uma das preocupações fundamentais do Município de Belmonte é o incremento de políticas de âmbito social que visem a melhoria das condições de vida”, chegando mesmo a dizer que acredita que este será um de entre muitos apoios a implementar e criar na autarquia ao longo dos quatro anos de mandato.

Foi, entretanto, na mesma sessão deliberado por unanimidade o apoio para a aquisição de um aparelho de ar condicionado a instalar no jardim infantil Girassol, em Caria.

António Dias Rocha

* Com José Lagiosa

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Belmonte. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *