Belmonte aprovou orçamento

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE BELMONTE

Orçamento aprovado sem surpresas e com a CDU a faltar à sessão

Decorreu no passado dia 19 de dezembro a Assembleia Municipal de Belmonte que tinha na ordem de trabalhos, para além da discussão e votação das Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2014, a aprovação da alteração do mapa de pessoal para o próximo ano, e a designação dos fiscais únicos da Empresa Municipal e Câmara Municipal, estatuto remuneratório do conselho de administração da Empresa Municipal e delegação de competências nas freguesias.

No período de antes da ordem do dia registou um dos momentos mais importantes da sessão, quando o deputado do movimento independente Pessoas Pelo Concelho de Belmonte (PPCB), Fernando Proença, fez uma analogia entre políticos, eleitores, gatos e ratos. “No país Ratugal há dez milhões de ratos, que elegem sempre gatos para o poder. E os gatos só zelam pelo interesse dos gatos. Aos ratos dão porco no espeto antes das eleições. Também em Belmonte a população escolheu outra vez os gatos para governar. É um país em que os ricos estão mais ricos e os pobres mais pobres”.

O presidente da autarquia, António Dias Rocha sorriu e respondeu. “Senhor deputado, se os gatos vencem eleições, eu gosto de ser gato. Aliás quando vejo um rato subo para cima de uma cadeira. Quanto ao porco no espeto, nós dividimo-lo pela população, mas vocês comeram-no sozinhos”.

Mas o grande assunto da reunião foi, compreensivelmente, a votação do plano e orçamento para 2014, no valor de 7,9 milhões de euros. O movimento PPCB lançou críticas e votou contra, referindo que este era o “orçamento menos ambicioso dos últimos anos”.

Por sua vez Dias Rocha salientou estarem inscritas no orçamento. “Se não temos dinheiro, não podemos estar a orçamentá-las com valores elevados. Estando inscritas, mesmo com um valor baixo, podemos candidatá-las a fundos comunitários. Se esse financiamento vier, avançamos.

O documento foi aprovado por maioria. A CDU faltou à sessão alegando irregularidades na sua convocação, tendo o presidente da AM, Paulo Borralhinho esclarecido que, após parecer, se verificou que a legislação tinha sido cumprida.

Para a Empresa Municipal foi anunciado para presidente do conselho de administração, Joaquim Costa, que terá como vogais Vítor Teixeira e Mário Tomás.

* Com José Lagiosa

Câmara de Belmonte

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Belmonte, Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *