BE aprova orçamento de Castelo Branco ao lado do PS

ÚLTIMA HORA

Bloco de Esquerda vota orçamento camarário favorávelmente e ao lado do PS

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CASTELO BRANCO

Luis Barroso

 ORÇAMENTO DA CÂMARA APROVADO COM VOTOS FAVORÁVEIS DO PS E BE

 

O Bloco de Esquerda (BE), através do seu único deputado municipal em Castelo Branco, surpreendeu hoje tudo e todos ao declarar, no período antes da ordem do dia, que é tempo de “o Bloco mostrar uma nova forma de fazer política”, terminando a intervenção com um poema de José Carlos Ary dos Santos. Em consequência desta declaração, o BE aprovou pela primeira vez, um Orçamento da Câmara e o Orçamento dos Serviços Municipalizados em contra ponto com o principal partido de oposição na política do concelho, o PSD, que votou negativamente ambos os documentos.

Já a restante oposição votou de forma diversa.

No Orçamento camarário a CDU absteve-se e o CDS votou contra e no documento orçamental dos SMCB, a abstenção foi do CDS tendo a CDU votado favoravelmente.

Toda a sessão da Assembleia foi marcada, no período antes da ordem do dia, por fortes ataques ao ministro da educação Nuno Crato, nomeadamente no que se refere às suas declarações em relação à qualidade da formação de professores no ensino superior politécnico, críticas essas vindas da bancada do PS e da deputada da CDU, Ana Maria Leitão.

Em defesa do governo acabaria por vir o deputado social-democrata, Álvaro Batista, afirmando que os deputados municipais do PS só sabem falar de política nacional descurando temas locais ou regionais, no que foi contraditado por José Pires (PS) defendendo o direito a falar e pensar e de Hortense Martins (PS) que chamou a atenção da bancada social-democrata para as propostas que o Partido Socialista tem frequentemente apresentado em sede da Assembleia da República (AR), em defesa das regiões do Interior e sistematicamente chumbadas pelos deputados da maioria na AR, nomeadamente os eleitos pelo círculo eleitoral de Castelo Branco.

A Assembleia Municipal ficou ainda marcada, logo no seu início, por um requerimento do PSD a solicitar a gravação das intervenções dos seus deputados, para divulgação nas redes sociais e que pretende, segundo o próprio PSD “a aproximação dos seus eleitos às pessoas e a divulgação junto dos eleitores da sua atividade política na Assembleia”.

Assembleia Municipal

* Com José Lagiosa

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *