Jornal Le Monde esteve em Idanha-a-Nova

Idanha-a-Nova recebe jornalista do Le Monde

A responsável da editoria de ambiente do conceituado jornal francês Le Monde esteve em Idanha-a-Nova, no dia 12 de novembro, para conhecer “in loco” alguns projetos inovadores em desenvolvimento neste concelho.

Interessada em testemunhar o vínculo solidário entre Idanha-a-Nova e o Japão, em particular a população afetada pelo acidente nuclear de Fukushima, a jornalista visitou o território acompanhada por empresários japoneses que estão a investir em Idanha-a-Nova e contactou com responsáveis autárquicos e da Escola Superior de Gestão e da Escola Profissional da Raia.

Recorde-se que o Município apoia projetos na área da agricultura e educação. Se no sector agrícola são ajudados jovens empreendedores, já ao nível da educação estão a ser implementadas plataformas que permitam acolher nas escolas jovens japoneses, no sentido de fomentar o seu enriquecimento académico e profissional.

Outra iniciativa testemunhada pela jornalista foi a campanha “Não emigres. Migra!”, lançada pelo Município de Idanha-a-Nova, que visa fixar população no concelho e captar jovens empreendedores de todo o país.

O interesse da imprensa internacional por iniciativas desenvolvidas em Idanha-a-Nova é revelador do potencial do território para acolher projetos inovadores e de valor reconhecido.

Le Monde e empresários

                                                                                                                            

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *