A poucas horas da reflexão…

Autárquicas 2013

A poucas horas da reflexão indispensável que todos farão ou deveriam fazer, importa saudar os milhares de portugueses que se empenharam na disputa em favor das suas terras.

Todos merecem aplausos, pois, ser autarca não angaria riqueza. Básicamente angaria muito trabalho e dedicação.

Neste pano de fundo e de acordo com as sondagens que se conhecem, muitas, o eleitorado vai penalizar os autarcas que trocaram de concelho (Porto, Lisboa, Loures, etc) e, em princípio todos esses arruinam a carreira política que em boa verdade já ia longa.

O resultado final global é ainda inseguro e, evidentemente, como tem de ser, a sondagem mais válida é a do eleitorado e que será conhecida no Domingo a partir das 20 horas.

Há no entanto perdas significativas que aparentemente se vão confirmando. Há mesmo autarcas que podem perder duplamente, veja-se Luis Filipe Menezes que “perde” em Gaia e, aparentemente no Porto. Fernando Seara na mesma condição mas em Sintra e Lisboa.

Casos relevantes podem ser Braga onde o PSD/CDS/PPM podem ganhar depois de tantos anos.

No distrito de Castelo Branco parece existir estabilidade e um resultado de 7 para o PS e 4 para o PSD é aceite como natural.

O Porto é agora a grande questão e onde um Independente pode ganhar. Rui Moreira foi sempre e é um Independente e o eleitorado pode premiar esse pragmatismo.

Como disse antes, resta aguardar pelo voto decisivo do eleitorado e depois, é o regresso ao trabalho conjunto em cada terra.

Isso é a Democracia.

Director

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *