3º Enconto com Escritores da Lusofonia realiza-se em 5 e 6 de Outubro

Escritores da Lusofonia

A AECODE – Associação de Especialistas para a Cooperação e Desenvolvimento, ONGD, com sede em Alcochete, vai realizar, com a colaboração da escritora montemorense Lurdes Breda, o seu 3º Encontro com Escritores da Lusofonia, em Montemor-o-Velho (Coimbra – Portugal), nos próximos dias 5 e 6 de Outubro.

Este Encontro, direcionado para escritores, amantes de literatura e público em geral, tem como objetivos principais a promoção e divulgação dos autores intervenientes, assim como proporcionar-lhes condições para que estabeleçam, com os diversos agentes ligados à edição, comercialização e internacionalização do livro, uma relação de maior proximidade. Visa também o intercâmbio cultural e o estreitar de laços entre os autores lusófonos.

O evento de Montemor-o-Velho contará com a presença dos escritores Nuno Camarneiro (Prémio Leya 2012) de Portugal, Filinto Elísio Silva de Cabo Verde, John Bella de Angola, e a cronista e editora Márcia Souto Ferreira também de Cabo Verde. Além dos escritores convidados haverá a participação de vários outros escritores oriundos de diversas regiões de Portugal, e até mesmo do estrangeiro, cuja presença depende de inscrição prévia.

Complementarmente à Literatura haverá, ainda, espaço para as Artes Plásticas, a Música e a Dança, com as participações do artista plástico João Paramés e as intervenções musicais do maestro Sílvio Rajado, da companhia de dança Afriklave, do músico João Conde e do grupo Sax & Companhia. A organização destaca as parcerias com a MusicalPortugal, empresa do entertainer Fernando Pereira (no evento serão sorteados quatro convites duplos para o espetáculo do artista no Casino do Estoril) e com a revista literária digital “Livros e Leituras” (todos os escritores que se inscreverem até ao dia 30 de Setembro terão a oportunidade de terem uma entrevista sua aí publicada).

Este evento será constituído por três momentos diferentes que, embora autónomos, serão complementares uns dos outros. O Momento 1: Principiará na Quinta do taipal com um cocktail de boas-vindas, um Almoço-Convívio, a apresentação dos escritores e terminará com uma sessão de autógrafos com pequeno lanche. O Momento 2: Será constituído por um novo cocktail de boas-vindas, um Jantar-Convívio, o lançamento dos livros “Fenestra” de Márcia Souto e “Me_xendo no baú. Vasculhando o U” de Filinto Elísio Silva, convidados de Cabo Verde, seguido de um Serão Poético – dizer de poesia pelos presentes. Finalmente, o Momento 3: Terá lugar no dia 6, iniciar-se-á Biblioteca Municipal Afonso Duarte de onde partirá um Roteiro Literário pelo concelho de Montemor-o-Velho. Seguir-se-á outro Almoço-Convívio no Hotel Abade João e a tarde será passada na Biblioteca Municipal Afonso Duarte, onde decorrerão diferentes atividades, e terminará com uma sessão de autógrafos com lanche. Ao longo de toda esta programação haverá ainda espaço para várias surpresas preparadas pela organização.

Acerca dos escritores convidados:

Nuno Camarneiro nasceu na Figueira da Foz em 1977. Licenciou-se em Engenharia Física pela Universidade de Coimbra, trabalhou no CERN (Organização Europeia para a Investigação Nuclear) e doutorou-se em Ciência Aplicada ao Património Cultural pela Universidade de Florença. Atualmente desenvolve a sua investigação na Universidade de Aveiro e é docente no Departamento de Ciências da Educação e do Património da Universidade Portucalense. Em 2011 publicou o seu primeiro romance “No Meu Peito Não Cabem Pássaros”, saudado pela crítica, publicado também no Brasil e cuja tradução francesa está prevista para breve. Foi o primeiro autor escolhido pela Biblioteca Municipal de Oeiras, parceira portuguesa da iniciativa, para participar no Festival do Primeiro Romance de Chambéry, França. Publicou um texto na prestigiada Nouvelle Revue Française na rubrica Un mot d’ailleurs e tem diversos contos em revistas nacionais e estrangeiras. Foi vencedor do Prémio Leya em 2012 com o romance “Debaixo de Algum Céu”.

Filinto Elísio Silva é natural da cidade da Praia, Cabo Verde. É poeta, romancista e ensaísta. Tem oito livros publicados: “Do Lado de Cá da Rosa” (poesia), “Prato do Dia” (crónica), “O Inferno do Riso” (poesia), “Das Hespérides” (fotografia, poesia e crónica), “Das Frutas Serenadas” (poesia), “Li Cores & Ad Vinhos” (poesia), “Outros Sais da Beira-Mar” (romance) e “Me_xendo no Baú.Vasculhando o U” (poesia) – e mais três outros no prelo – “Diversa Prosa de Quase Verso” (miscelânea), “Conchas de Noé & Arcas Ostras” (cantos, contos e causos) e “Caliban Driblando Próspero em Amazónia”. Foi assessor do Ministro da Cultura de Cabo Verde e professor de matemática em Boston e Somerville, nos Estados Unidos da América. Atualmente, exerce a função de Conselheiro do Primeiro-Ministro de Cabo Verde. Também é Membro da Associação dos Escritores Cabo-verdianos, membro-correspondente da Academia Cearense de Letras, da Academia Imperatrizense de Letras e Membro-Fundador da Academia Cabo-verdiana de Letras.

Márcia Souto Ferreira nasceu a 1 de Fevereiro de 1973. Brasileira, residente em Cabo Verde, onde atua como editora e diretora dos Serviços de Documentação e Edições da Universidade de Cabo Verde. É mestre em Literaturas de Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas. Especialista em Língua Portuguesa, também pela PUC Minas, e licenciada em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Foi colunista do Jornal “A Nação”. “Fenestra” é o seu primeiro livro.  

John Bella, nome literário de Jorge Marques Bela, nasceu em Luanda, Angola. É Bacharel em Sociologia, membro da União dos Escritores Angolanos, Secretário-Geral-Adjunto da Brigada Jovem de Literatura de Angola (BJLA), professor Pré-Universitário em Luanda e atualmente desempenha a função de Diretor de Comunicação e Imagem na Fundação Dr. António Agostinho Neto. Publicou, em 1995, o seu primeiro livro de poemas intitulado “Água da Vida”. Com esta obra, em 1996, foi eleito “Escritor do Ano” em Angola, tendo sido agraciado com o “Prémio Galax. Relançou este livro durante o 14º Festival Mundial da Juventude e Estudantes na cidade de Havana, Cuba. Em Fevereiro de 2001, lançou o seu segundo livro de poemas intitulado “Panelas Cozinharam Madrugadas”, no “Café Magestic”, na cidade do Porto, integrado na “2.ª Bienal de Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa – (CPLP) ”. Esta obra foi distinguida, no ano de 2002, com um “Diploma de Qualidade” na Festa do Estatuto, pelo contributo prestado à Juventude, Educação e Cultura. Em 2002 publicou o livro infantil “A Canção Mágica”. Em 2003, publicou o livro de poemas “Cântico Romântico (à Paz) ”, tendo sido homenageado, a propósito da apresentação desta obra em Caracas (Venezuela), por um grupo de escritores daquele país, durante as comemorações do 16.º Festival Mundial da Juventude e Estudantes, em 2005. Em 2006 publicou o livro “A Lenda do Gato e o Rato”. Em 2007, publicou o conto “A Esperteza dos Animais”. Igualmente, neste ano, vê publicado o livro “As Orelhas do Coelho Hélio”. Em 2008 “Nzamba – O Rei Sou Eu!”. Em 2010, lançou o livro infantil “Estes Dois são Cão e Gato.” Em 2011 publicou o romance “Os Primeiros Passos da Rainha Njinga” e no ano seguinte “O Regresso da Rainha Njinga” e “As Lágrimas do Rei-Sol” (Infantil).

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *