Pe. José António Afonso, 20 anos Pároco do Ladoeiro

20 anos como pároco de Ladoeiro

Câmara Homenageia

HOMENAGEM NA DESPEDIDA DO PADRE JOSÉ ANTÓNIO AFONSO

 

A população de Ladoeiro, concelho de Idanha-a-Nova, reuniu-se no passado domingo, dia 8, para se despedir do Padre José António Afonso que, após 20 anos de sacerdócio naquela paróquia, vai exercer a sua missão pastoral noutras regiões do país.

A homenagem decorreu no Salão Cultural do Ladoeiro e juntou largas dezenas pessoas que quiseram, em ambiente festivo, agradecer o trabalho desenvolvido pelo pároco na freguesia.

O momento foi marcado por um conjunto de homenagens, prestadas pela Câmara e Assembleia Municipal de Idanha-a-Nova, Junta de Freguesia do Ladoeiro e por amigos e paroquianos.

O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, ofereceu ao pároco um adufe pintado à mão, símbolo “da nossa cultura, dos nossos costumes e tradições”, que o Padre José António Afonso “tão bem soube compreender e sentir”. “Agradeço em nome da Câmara Municipal, mas também em meu nome pessoal, o trabalho desenvolvido pelo pároco José António Afonso”, frisou o autarca.

Homenagem da Junta

A Junta de Freguesia de Ladoeiro, pela mão do presidente do executivo, Gonçalo Costa, presentou o Padre José António Afonso com uma imagem da Sagrada Família.

Finalmente, um livro com mensagens de despedida, escritas por amigos e paroquianos durante a festa, será entregue ao homenageado na missa do próximo domingo, dia 15.

No dia 20 de setembro, o Padre José António Afonso cessa funções nas paróquias de Ladoeiro, Zebreira, Rosmaninhal e Monforte da Beira, no Arciprestado de Castelo Branco, e inicia uma nova etapa como pároco de Madeirã, Pedrógão Pequeno, Sobral e Carvalhal, no Arciprestado da Sertã.

Na hora da despedida, o Padre José António Afonso reconheceu que o Ladoeiro foi a paróquia que mais beneficiou da sua ação, por ser aquela em que desenvolveu “uma atividade mais intensa”.

O trabalho “com as pessoas” e a “valorização do património religioso”, nomeadamente a restauração da Igreja Matriz do Ladoeiro e a construção do pavilhão de apoio à Romaria de Santa Catarina de Sena, foram obras recordadas pelo pároco.

O Padre José António Afonso agradeceu ainda a colaboração da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Junta de Freguesia de Ladoeiro, coletividades locais e população em geral, ao longo de duas décadas de sacerdócio nestas povoações.

….

Nota do Director: Em 2012, quando a minha Companhia Militar ( BCaç. 3866) se juntou em Idanha-a-Nova, tive o grato prazer de conhecer e fala com o Sr Pe. José António Afonso. Foi um momento sublime, onde me foi perceptível perceber o amor e a dádiva à terra. Um abraço Sr Pe. José António.

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Idanha-a-Nova, Igreja católica. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *