30º Aniversário da Ponte de Álvaro

 

Ponte de Álvaro

A ponte de Álvaro, sobre o rio Zêzere, completa em Agosto o 30º aniversário da sua inauguração e para assinalar a data, homenageando aqueles que contribuíram para a sua edificação, vai ter lugar em Álvaro, no dia 15 de Agosto, feriado nacional, um almoço aberto às populações envolvidas.

Aspiração antiga das populações de Álvaro (Oleiros) e do vizinho município de Pampilhosa da Serra e que culminou com a criação em 1975 da Comissão Inter-Povoações Pró-Construção da Ponte sobre o Rio Zêzere em Álvaro, foi esta importante infra-estrutura rodoviária inaugurada a 27 de Agosto de 1983, tendo a cerimónia contado com a presença do Secretário de Estado das Obras Públicas, do Bispo de Portalegre-Castelo Branco, do general Almeida Freire, que foi presidente da Junta Autónoma de Estradas, actual Estradas de Portugal, e dos presidentes dos municípios de Oleiros e de Pampilhosa da Serra.

Antes da sua construção, que permitiu encurtar a distância entre a Pampilhosa da Serra e Oleiros de 100 km para cerca de 30 Km, a ligação entre as margens do Rio Zêzere era assegurada por um batelão. A Ponte de Álvaro foi inaugurada oficialmente no dia 27 de Agosto de 1983, dia em que abriu publicamente ao trânsito, tendo sido visitada oficialmente pelo então Presidente da República, General Ramalho Eanes, também ele com antepassados nesta Vila, no dia 20 de Maio de 1984.

Dos que desde o princípio integraram a mencionada Comissão, destacamos, pelo relevante papel desempenhado, os seguintes: Américo Pereira de Almeida, ligado a Álvaro por casamento e que foi também presidente da Liga Regional Os Unidos da Freguesia de Álvaro e sócio da Casa da Comarca da Sertã, recentemente falecido e que será homenageado postumamente na ocasião, José Bernardo das Neves, sócio da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, José Marçal Matos Ferreira, responsável pela maior parte dos escritos publicados pela imprensa e que foi presidente da Liga Regional Os Unidos da Freguesia de Álvaro e sócio da Casa da Comarca da Sertã, já falecido, José Martins Fernandes, fundador da Comissão de Melhoramentos da Gaspalha e sócio da Casa da Comarca da Sertã, recentemente falecido, Raul Lopes e seu irmão David Lopes, o primeiro dos quais já falecido, Domingos Lopes, também já falecido, e José Antunes Alves, todos sócios da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, bem como José Domingues Mendes, fundador da Liga dos Amigos da Freguesia de Amieira e que integra os Corpos Sociais da Casa da Comarca da Sertã.

A iniciativa terá animação musical a cargo do acordeonista Gonçalo Barata, sócio da Casa da Comarca da Sertã e cujo pai é natural da freguesia de Álvaro.

As cerimónias do 30º aniversário são co-organizadas pelo município de Oleiros, pelo município de Pampilhosa da Serra, pela Casa da Comarca da Sertã e pela Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, sendo a efeméride perpetuada numa medalha em bronze, a produzir pela Casa da Comarca da Sertã e que estará disponível para aquisição no local.

Almoço sujeito a inscrição nas Juntas de Freguesias envolvidas.”

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Álvaro, Destaques. ligação permanente.

Uma Resposta a 30º Aniversário da Ponte de Álvaro

  1. João Carronda diz:

    Daqui de longe, (Figueira da Foz), recordo-me bem desse dia. Se bem me recordo, ainda sem alcatroamento, nos acessos mais próximos, aguardámos, estoicamente, principalmente os valorosos soldados da paz, pela chegada de um convidado que não apareceu – Presidente da República, penso eu -.
    Abraço ao Sr. António, barqueiro na altura e agora de despedida da Junta (tal e qualeu aqui por este canto de Portugal).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *