Clima de desnorte, pré cisão à vista, Portas é a solução

Paulo Portas

O último Conselho de Ministros, de novo alargado nas horas, sem conclusões e que continua na 3ª feira, de acordo com fontes bem informadas e participantes esteve próximo da rotura.

A receita de Vitor Gaspar que comanda, foi afrontada por vários ministros do PSD e, Paulo Portas ameaçou sair. Já não é suportável o clima de austeridade, sempre agravada e com perspectivas de agravamento nos próximos dias.

Aproxima-se a hora da verdade. Portugal não tem condições, mesmo aprovando a nova austeridade de pagar as dívidas e, especialmente o galopante serviço da dívida.

Não é possível.

Urge tomar a decisão final. Sair controladamente do Euro se a Alemanha e os países do norte da europa não mudarem as políticas de que virão a ser vítimas mais tarde.

No PSD e no CDS há imensos nomes capacitados para substituir Passos que não está preparado e deixou-se conduzir por impreparação para um desastre colossal.

António Capucho

António Capucho e Rui Rio seriam Homens capacitados e qualificados para permitir o regresso do PS à mesa e ao encontro de uma solução abrangente, indispensável a todos os títulos.

Nem se compreende como o PSD se deixou surpreender e entregou a chefia do Governo a Passos. Mas não importa agora discutir essa matéria, importa encontrar a solução enquanto é possível.

A solução está nos Partidos, mas, com gente qualificada e responsável, também respeitável. É preciso que os mais apetrechados expliquem agora ao povo sofredor, mas distraído, o que aí vem e não é coisa boa.

Rui Rio

 

Director

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Editorial. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *