Naturtejo em Paris na reunião de Geoparques Europeus

Naturtejo participou na reunião dos Geoparques Europeus na sede da UNESCO, em Paris

A Naturtejo participou em mais uma reunião semestral da Rede Europeia de Geoparques, que decorreu de 20 a 23 de Março pela primeira vez  na sede da UNESCO, em Paris, com o objectivo de abordar os assuntos relacionados com o trabalho e projectos de todos os Geoparques Europeus, assim como a possível criação de um Programa Geoparques pela UNESCO, a par dos Sítios Património da Humanidade e das Reservas da Biosfera.

Neste encontro, o Geopark Naturtejo apresentou os seus projectos, destacando-se os que integram o plano de animação e comunicação do Provere Buy Nature. O Geopark Naturtejo foi ainda elogiado durante os trabalhos pelo prémio obtido na Feira Internacional de Turismo, ITB que se realizou recentemente em Berlim, Alemanha. A entrada de 2 novos Geoparques para a Rede Europeia de Geoparques também foi um tema de elevado interesse, realçando-se a adesão do Geoparque Açores. A entrada de todo o arquipélago dos Açores vem acrescentar grande valor científico e turístico às Redes Europeia e Global de Geoparques e acima de tudo aos Geoparques de Portugal, sob os auspícios da UNESCO, que agora passam a ser constituídos pelos geoparques Naturtejo, Arouca e Açores. Esta rede em Portugal ganha coesão através do Fórum Português de Geoparques que se encontra em curso coordenado pela Comissão Nacional da UNESCO.

Na sessão do dia 21, com a participação de técnicos e responsáveis da UNESCO, embaixadores e técnicos das Comissões nacionais, foi apresentado pelo Prof Nicolaus Zouros, coordenador da Rede Europeia de Geoparques, toda a rede Europeia e Global de Geoparques, tendo sido elogiado o papel da Naturtejo como líder na preparação do stand representante dos Geoparques para a participação na maior feira de Turismo do Mundo, ITB, onde se obteve o terceiro lugar entre mais de dez mil participações, distribuídas por 11 categorias. Durante essa sessão foram apresentadas as diferentes redes, integradas em Convenções da UNESCO, que classifica o Património Mundial, as Reservas da Biosfera e Património Imaterial. Ainda foram apresentados outros programas da UNESCO, como a Educação e Desenvolvimento Sustentável e o programa de prevenção de tragédias e desastres naturais em todo o nosso planeta. No final de todas as  apresentações a assembleia composta por cerca de 200 pessoas, participou em debate demonstrando diversos exemplos de cooperação entre as diferentes redes e programas da UNESCO.

No final do dia realizou-se uma recepção para os diplomatas da UNESCO, com produtos e sabores dos diferentes Geoparques da Europa, que incluiu da região do Geopark Naturtejo os queijos premiados “Sabores de Idanha”, os “Sweet Cheese”, bombons com queijo e doce de figo e o vinho Súbito.

 

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques, Economia com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *