Os Viscondes de Oleiros e os Condes do Casal-Ribeiro lembrados na Casa da Comarca

A Casa da Comarca da Sertã relembrou no passado dia 26 de Fevereiro duas famílias com origens na região: Os Viscondes de Oleiros e os Condes do Casal-Ribeiro (Sertã).

A palestra “Grandes Vultos da Comarca da Sertã: Os Viscondes de Oleiros e os Condes do Casal-Ribeiro, teve início com as intervenções do Presidente da Direcção da CCS, Engº Pedro Amaro, do Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Comendador José Santos Marques, e da Vereadora da Cultura da Câmara Municipal da Sertã, Dra. Claudia André. Moderada pelo Vice-Presidente da Direcção da CCS, Dr. Nuno Barata-Figueira, foram oradores o Engº António Mattos e Silva, Secretário-Geral do Instituto da Nobreza Portuguesa e da Associação da Nobreza Histórica de Portugal, cuja intervenção se centrou na genealogia das referidas famílias, e a Dra. Patrícia Gomes Lucas, cuja tese de mestrado, recentemente discutida e que mereceu a nota final de 18 valores, versa sobre o percurso político do 1º Conde do Casal-Ribeiro.

O título de Visconde de Oleiros foi atribuído em 1854 pelo Rei D. Fernando II, regente na menoridade de seu filho D. Pedro V, a Francisco de Albuquerque Pinto Castro e Nápoles, um dos “Bravos do Mindelo”, que se destacou nas lutas entre liberais e absolutistas. Em 1870, o Rei D. Luís I concede o título de Conde do Casal-Ribeiro a José Maria Caldeira do Casal-Ribeiro, importante político da segunda metade do séc. XIX, cuja relevância foi reconhecida pela Câmara Municipal de Lisboa através da atribuição do topónimo “Avenida Casal Ribeiro”.

Marcaram presença, nomeadamente, representantes da Real Associação de Lisboa, da Associação Portuguesa de Genealogia, da Liga Regional “Os Unidos da Freguesia de Álvaro”, da União Regional da Freguesia do Sobral, bem como membros da família Casal-Ribeiro.”

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, História, Sertã. ligação permanente.

Uma Resposta a Os Viscondes de Oleiros e os Condes do Casal-Ribeiro lembrados na Casa da Comarca

  1. António Graça diz:

    Apenas um abraço para o meu amigo e colega António Mattos e Silva, um homem empenhado na manutenção da chama histórica de Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *