Presidente Hugo Chavez lutou até ao fim…anunciado

Hugo Chavez

Em desenvolvimento e actualização

. Parece ser pacífico na sociedade portuguesa o reconhecimento da amizade de Chavez por Portugal. Paulo Portas, MNE, afirmou ontem isso mesmo. É bom ser esse o sentimento, também a gratidão e um líder de um país que acolhe tantos e tantos portugueses.

. Luto nacional na Venezuela por 7 dias

O governo da Venezuela decretou 7 dias de luto nacional.

. Eleições para a Presidência Venezuelana

Dentro de 30 dias serão as eleições. Nicolas Maduro e Caprilles vão de novo defrontar-se sendo que agora são ambos os protagonistas principais.

. América Latina e mundo em geral prestam homenagem a Chavez

Diversos e diferentes líderes mundiais estão a reconhecer a importância de Chavez e a mencionar o seu profundo patriotismo. A Venezuela, mau grado tenha de avançar, seguramente ficará marcada para sempre.

……………

ÚLTIMA HORA

Hugo Chavez travou uma luta desigual, traiçoeira, demolidora, sem solução.
A venezuela perdeu o Presidente e deve agora enfrentar um período eleitoral, sendo que Nicolas Maduro será o candidato do Chavismo.
No momento da Sua morte que se lamenta como se lamentam todas as mortes, recordamos Chavez como um Amigo de Portugal, desde 2001 quando visitou Portugal com António Guterres como Primeiro-Ministro.
Com José Sócrates intensificou-se a relação com Portugal, tornando-se uma relação segura e próspera para algumas empresas Portuguesas.
O Jornal de Oleiros falou já com o Vice-Presidente Nicolas Maduro a quem apresentou condolências, num momento em que se preparava a visita do Director do Jornal para conhecer “os segredos do Chavismo“.
Uma última saudação a Chavez e ao Povo Venezuelano que saberá encontrar os caminhos para a Democracia plena.
Director

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia, Editorial, Política Internacional com as tags . ligação permanente.

2 Respostas a Presidente Hugo Chavez lutou até ao fim…anunciado

  1. Carlos Fernandes diz:

    Hugo Chávez
    Em 1982 funda o Movimento Revolucionário Bolivariano 200 (MBR200), referindo-se aos 200 anos desde o nascimento de Simon Bolívar , para servir um ano depois. Em 17 de Dezembro do mesmo ano com o aniversário da morte de Simón Bolívar, jurou sob Saman de Guere, junto com Felipe Antonio Acosta Carles , Yoel Acosta Chirinos , Francisco Arias Cárdenas , Urdaneta Jesus Hernandez e Isaias Raul Baduel , a reforma do Exército e iniciar uma luta para a construção de uma nova República. Este movimento consistiu de meia-escalão cuja ideologia era Bolivariana misturado com algumas idéias de Simón Rodríguez e Ezequiel Zamora (“A árvore das três raízes” ). Por esta altura, Hugo Chávez, começou um relacionamento e ideológica socialista historiador Marksman Herma . Ele também mantém contatos com pessoas da esquerda venezuelana. Em 1985 foi apresentada na cidade de Elorza no estado de Apure . Em 1986 ele foi promovido a major e em 1988 foi nomeado Secretário Adjunto da Segurança Nacional e Defesa, localizado no Palácio de Miraflores . Em 1989 registou com indignação como milhares de manifestantes foram massacrados pelas forças do exército no Caracazo .
    Em 1991 , ele assumiu o comando da Brigada de Pára-quedistas “Coronel Antonio Nicolás Briceño”, com sede em Buenos Aires . Escreveu secretamente governo de transição Projeto e Projeto Nacional “Simon Bolívar”. Mais tarde naquele ano, os conspiradores definir a data para a revolta: início de fevereiro. Para muitos o pai do Chavismo, herdeiro de Simón Bolivar, para os venezuelanos mais que um presidente o pai da revolução, as nossa sentidas condolências com ele o fim das ideologias aproxima-se

  2. Joaquim Vitorino diz:

    Hugo Chaves partiu; mas certamente vai ficar o Mito. Este homem marcou o seu país; ninguém o conseguirá substituir na sua maneira de fazer política; ele encomodou poderosos da cena política internacional; mas a Venezuela vai ficar à deriva, porque está dividida, e não é fácil de encontrar alguém com o seu carisma, para por um lado, manter uma política no campo social que ele deu início, porque não faz sentido que o maior produtor de petroleo da América latina, seja o país com a maior pobreza; era neste campo que Hugo Chaves fez incidir todo o seu combate; tentar eliminar as assimetrias, de todo imcompreensíveis que assolam aquele país, onde centenas de milhares de potugueses, rumaram na procura de uma vida melhor. Paz à Sua Alma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *