Nuno da Câmara Pereira é candidato à Câmara de Sintra

D. Nuno da Câmara Pereira

ÚLTIMA HORA

Nuno da Câmara Pereira é candidato Independente à Câmara de Sintra. Defrontará Pedro Pinto (PSD) e Basílio Horta (PS).

Nuno da Câmara Pereira está a constituir uma Plataforma com Pequenos Partidos e Cidadãos que pode surpreender sob o lema “Querer é Poder”, adiantando que dos mais de 270 mil eleitores de Sintra, cerca de 150 mil nunca votaram. É a esses que se vai dirigir, diz Nuno da Câmara Pereira.

Há notícias de movimentações nas hostes da Monarquia e podem a todo o momento surgir outras candidaturas encabeçadas por Monárquicos, apoiados por Partidos ou não.

Redacção

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Política com as tags . ligação permanente.

Uma Resposta a Nuno da Câmara Pereira é candidato à Câmara de Sintra

  1. Joaquim Vitorino diz:

    Quando comentei a candidatura de Fernando Seara a Lisboa, (disse pobre Lisboa); mas Basílio Horta para Sintra, só direi que este belo local, onde tive residência 37 anos, não merece isso; até porque existe a possibilidade, deste homem ganhar a Câmara, não por mérito seu, mas porque Sintra, os últimos executivos nada fizeram, por um dos mais belos, e míticos locais de Portugal. Basílio Horta que é da Vermelha, onde tenho residência há 5 anos, tem um vasto património abandonado, com terras de baldio, e a residência herdada, está num estado de abandono. Este político, foi até há pouco tempo, Diretor da Agência do investimento para Portugal, nomeado pelo Governo do partido Socialista. Sintra já sabe o futuro que terá, se tomar esta opção, o mesmo acontecerá com Lisboa, se o eleito for Fernando Seara. O meu amigo Nuno da Câmara Pereira que vive em Galamares, seria um bom candidato pelo PS, mas sem apoio partidário do PS ou PSD, não vai conseguir, nem um lugar de Vereador. Menos de 10% dos sintrenses vivem na vila, os outros 90% estão-se nas tintas, para quem vai dirigir a câmara; isto é o que pensa, quase infalívelmente o país, para quem está, ou nos vai governar. A lição só aprende, quem não comete de novo o erro; só que os portugueses andam a errar, há mais de 38 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *