Câmara de Idanha e Junta de Monfortinho organizam Feira de Caça

INICIATIVA CONJUNTA DA CÂMARA DE IDANHA-A-NOVA E JUNTA DE MONFORTINHO

Javali

Feira de Caça e Gastronomia promove região

 

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova em conjunto com a Junta de Freguesia de Monfortinho e o apoio do Geopark Naturtejo, Turismo do Centro, Grupo ÔHotels & Resort e Clube de pesca e tiro de Monfortinho, organizam, a 1ª Feira de Caça e Gastronomia, que terá lugar nos próximos dias 19 e 20, nas Termas de Monfortinho.

Veado

Esta primeira edição pretende, para além da promoção da caça, da gastronomia e da região, homenagear um homem, que enquanto vivo, deu muito de si ao turismo em todas as suas vertentes, o Doutor António Salgado.

O evento visa ainda divulgar todos os ramos, serviços e atividades ligadas ao setor caça, colmatando uma lacuna importante, numa região de tradição e potencial turístico. Saliente-se que o concelho de Idanha-a-Nova é uma das maiores zonas de caça do país, com uma área ordenada de 120 mil hectares e 86 zonas de caça.

Expectativas

A feira que agora tem lugar vai incluir cerca de sessenta expositores, alguns restaurantes de gastronomia de caça, e algumas tasquinhas com pratos de caça, exploradas pelas associações de caçadores da região.

A inauguração terá lugar no sábado, dia 19, pelas 10 horas, seguindo-se desde logo uma montaria organizada pela Casa de pessoal da RTP, com cerca de 160 atiradores.

Mas o programa é diverso e rico com imensas atividades programadas, nomeadamente a nível musical, ferira de produtos regionais e expositores

De artigos de caça.

O vice presidente da Câmara, Armindo Jacinto, salientou que esta iniciativa pretende “consolidar um nicho de mercado, que é o mundo rural e simultaneamente promover a economia local”, sendo a caça um dos maiores valores.

* Com José Lagiosa, Correspondente em Castelo Branco

 

 

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Autarquias, Castelo Branco, Comunidades, Economia, Idanha-a-Nova com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *