Comissão Europeia e FMI cedem mais tempo a Espanha e França

Hollande e Rajoy

França e Espanha procuram atenuar o impacto destrutivo nos seus países das medidas a tomar para equilibrar as contas públicas. Tanto a Comissão como o FMI dão mais tempo, seguros de que é inevitável, pois o que fizeram na Grécia e estão agora a fazer em Portugal levará os países ao colapso total.

As medidas aplicadas em Portugal não geram maior recolha de impostos, pelo contrário, derrubam as empresas, aumentam o desemprego e as necessidades de maiores apoios sociais. Está à vista a continuada queda na recolha de impostos em Portugal com derrapagens a todos os níveis.

Evidentemente que Espanha e França possuem governos com outra preparação e conhecimentos e fazem valer esses aspectos na negociação com as instituições internacionais, coisa que em Portugal não acontece.

O governo quer mesmo encostar os portugueses a um “muro de lamentações” de onde sairemos arruinados a todos os níveis.

O governo pode estar a provocar um desastre social que acabará em sérias perturbações de ordem pública e no final da Democracia…não dá para perceber já?

PF

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Desemprego, Destaques, Economia, Política Internacional. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *