O Preço da Democracia, por Joaquim Vitorino

O Preço da Democracia

Crime Hediondo?, ou Aberração da Sociedade; é de difícil qualificação, este bárbaro assassinato de crianças inocentes; os Estados Unidos são um país democrático, sem paralelo em todo o mundo, mas repleto de vulnerabilidades; fiquei angustiado com esta tragédia que caiu, sobre este povo generoso e nosso amigo, que é o Americano. Não consigo compreender, que alguém que já foi criança, e a quem provávelmente, foram dispensadas todas as atenções, que a estas são devidas, tenha coragem, para cometer uma barbaridade destas. É inimaginável o sofrimento destas famílias, ao qual me quero associar, e o terror sofrido pelas inocentes crianças; o meu sentimento de revolta, não pode ser maior. Acontecimentos destes, cada vez mais frequentes, estão a desvirtuar, o que será no futuro, o papel do ser Humano, no seu essencial contexto; “peço desculpa aos leitores”, não querendo, alimentar qualquer polémica, ocorre-me dizer; que algo se alimenta, do sofrimento humano; e que existe uma seleção, de vítimas preferenciais. O desígnio do homem, se o houver, vai ter que enfretar, muitas destas provações; temos que começar de imediato, a contrariar estes desvios de alguns, que não sabemos quem são, mas que vivem entre nós. Temos que iniciar o combate, imediatamente a estas monstruosidades, em que os humanos são, os únicos animais a perpetrar; estes desvios da nossa espécie, são passos gigantescos no sentido na nossa extinção, transformando estes comportamentos, numa bola de neve, em que no futuro próximo, passamos a constituir, um perigo iminente, uns para os outros. Em todos os meus artigos, na vertente ciência e humanismo, publicados neste Jornal, tenho vindo a alertar, para esta realidade; o homem iniciou a sua caminhada, para a autodestruição. Deste triste acontecimento ficaremos, com mais vinte ANJOS; que são o resultado, das vinte Vidas inacabadas.

Joaquim Vitorino – Vermelha

* Correspondente do Jornal de Oleiros, Zona oeste

Ao povo Americano, e em especial às famílias enlutadas, a nossa sentida solidariedade.

Joaquim Vitorino

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Comunidades, Destaques. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *