Mensagem de Natal do Presidente de Proença-a-Nova

Palavras como austeridade, crise, aperto de cinto, cortes salariais ou desemprego ouviram-se com frequência em 2012. E se pudessem escolher o presente que queriam no sapatinho, este Natal muitos portugueses certamente pediriam que a Troika, o défice e as medidas anunciadas para 2013 desaparecessem com as 12 badaladas do fim de ano.

As autarquias não escapam ao quadro de rigor e veem-se obrigadas a gerir orçamentos apertados, ao mesmo tempo que sofrem a subida de encargos com a Taxa Social Única ou as contribuições para a Caixa Geral de Aposentações. Teremos de ser cada vez mais criteriosos nas opções que fazemos e definir as prioridades que melhor servem os interesses da população.

Não ignoramos que temos pela frente um ano cheio de desafios. Temos consciência das dificuldades, mas a noção de que tudo temos feito para rentabilizar os recursos disponíveis, o empenho dos colaboradores e a certeza de que muitos parceiros públicos e privados do concelho trabalham com os mesmos objetivos permitem-nos encarar o futuro com esperança.

Em nome pessoal e do Município, deixo a todos os munícipes e amigos o voto de um Natal feliz e vivido com confiança. Unidos, estaremos certamente à altura dos desafios que se avizinham.

Presidente da Câmara de Proença-a-Nova

Presidente de Proença

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Autarquias, Comunidades, Destaques, Inclusão, Proença-a-Nova com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *