ÚLTIMA HORA – Amieira e Vilar do Barroco devem permanecer Freguesias

Amigos da Amieira

Associação diz que fusões de freguesias decididas pelas Assembleias Municipais são inconstitucionais

A Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE) considera que as Assembleias Municipais (AM) são incompetentes para decidir sobre a agregação de freguesias, porque as Juntas de Freguesia são consideradas na Constituição Portuguesa como órgãos autónomos em relação aos municípios.

Este é um dos argumentos que as freguesias elencaram quando pediram ao Provedor de Justiça e à Procuradora Geral da República que suscitassem a inconstitucionalidade da lei de agregação de freguesias junto do Tribunal Constitucional (TC).

A lei 22/2012, que estabeleceu as regras para a reforma administrativa, determinou que as Assembleias Municipais eram responsáveis por decidirem quais as freguesias a agregar nos respetivos municípios.

……………………..

Não ao encerramento da Amieira e de Vilar do Barroco (Oleiros)

Movimento de cidadãos encabeçados pelo Jornal de Oleiros dizem não fecho da Amieira e do Vilar do Barroco como Freguesias.

Não é comprensível, quando estão a chegar famílias à Amieira, estrangeiros que aportam coisas novas, evolução na regiõa, não podemos permitir o encerramento da Freguesia.

O Jornal de Oleiros pede o apoio de todos para este movimento à margem dos políticos e do próprio Presidente que terá sido surpreendido. Incomoda muito que estejam calados.

Nós não abandonamos os nossos à sua sorte.

O Jornal de Oleiros pede o apoio explícito dos que estão vivos, atentos. Apelamos a outras Freguesias para que apoiem este movimento.

Senhores Presidentes de Juntas, Vereadores, Presidente de Câmara, apoiem o Movimento.

O Fecho das nossas Freguesias é um pouco o final de todos nós. Não o permitamos.

Estamos também solidários também com o Vilar do Barroco e lutaremos a Vosso lado se o desejarem.

Não fiquem indiferentes, a seguir às Freguesias fecharão outras coisas.

Esta classe dirigente não tem sensibilidade.

Nada decide e não conhece, contrata gabinetes de advogados para decidir e nós, vítimas ainda pagamos.

Director

email: jornaldeoleiros@sapo.pt

jornaldeoleiros.director@sapo.pt

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Álvaro, Amieira, Autarquias, Cambas, Castelo Branco, Comunidades, Destaques, Economia, Estreito, História, Isna, Madeirã, Memórias, Mosteiro, Oleiros, Opinião, Orvalho, Política, Sarnadas de São Simão, Sobral, Vilar Barroco com as tags . ligação permanente.

Uma Resposta a ÚLTIMA HORA – Amieira e Vilar do Barroco devem permanecer Freguesias

  1. Joaquim Vitorino diz:

    É triste e lamentável, e grande falta de talento político; nunca a interioridade será combatida, a abater Freguesias, as Cidades não comportam mais desemprego, ou serão campos de delinquência e marginalidade; retirar dos guetos citadinos, os jovens, e promover a sua deslocalização para as Aldeias, é preciso alguém, na próximidade que os receba; este papel cabe evidentemente às Freguesias. Vou terminar com uma frase, do Diretor deste Jornal. Paulino Fernandes; governantes
    precisam-se. J.Vitorino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *