ETPZP uma escola de excelência

Em actualização

Nota Prévia: Com prazer iniciamos agora um conjunto de notícias relevantes relacionadas com a ETPZP, uma escola notável, liderante, capaz de provar que o interior tem valor. A “ETPZP” e o seu Director, um Amigo da primeira hora, justificam amplamente o trabalho inicial que agora publicamos e, ao longo do dia actualizaremos.

Nós, os do Pinhal, não sômos necessáriamente ” filhos de um Deus menor”.

Escola liderante

ETPZP VIAJOU ATÉ À POLÓNIA

No âmbito do Projeto internacional Comenius, alguns elementos da Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal (ETPZP) viajaram, até à Polónia para representar Portugal. Entre muitos outros objetivos, de 21 a 27 de Outubro, o grupo de trabalho pretendeu sensibilizar os jovens e o pessoal docente para a diversidade das culturas europeias.

No âmbito da aprovação da candidatura da Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal enquanto entidade coordenadora do Projeto Comenius 2012/2014, no final do mês de Outubro, a ETPZP viajou até à Polónia para a primeira reunião de trabalho com os parceiros do projeto. Desta forma, de 21 a 27 de Outubro, Portugal, Polónia, Turquia, Inglaterra, Grécia, Itália, Lituânia, Latvia e Alemanha reuniram-se nas instalações do Liceu de Trzebinia no sentido desenvolver um projeto de trabalho e de aprendizagem que visava o intercâmbio de saberes entre escolas da UE.

Com o objetivo de ser produzido um e-book, alunos e professores realizaram, após a participação em workshops e de uma visita guiada à cidade de Cracóvia, a introdução e o primeiro capítulo do livro. Este primeiro capitulo teve como temática a evolução dos transportes e a lenda do castelo de Wawel.

Segundo Cristela Bairrada, coordenadora do curso de Técnico de Comunicação, Marketing, Relações Públicas e Publicidade da ETPZP, “este tipo de iniciativa é de extrema relevância uma vez que possibilita desenvolver o conhecimento e o trabalho colaborativo entre as várias comunidades educativas no que respeita a diversidade de culturas, línguas e valores.” Para além destes aspetos destaca-se por fim o facto de esta iniciativa promover a mobilidade dos alunos entre os estados membros da UE, estreitar parcerias entre escolas em projetos comuns, incentivar a aprendizagem/ ensino das línguas, ajudar os jovens a adquirir as aptidões e as competências básicas de vida, necessárias ao seu desenvolvimento pessoal, à sua futura vida profissional e a uma cidadania europeia ativa, bem como melhorar práticas de ensino.

Para além do diretor da Escola, Dr. António Figueira e da coordenadora do curso de Comunicação, Cristela Bairrada, participaram nesta iniciativa três alunas da ETPZP, Ana Nunes (do curso de Comunicação), Flávia Félix (do curso de Restauração) e Carolina Palheira (do curso de Gestão).

No próximo mês de Dezembro, a ETPZP rumará à Alemanha, mais especificamente à cidade de Essen, no sentido de desenvolver o segundo capítulo do e-book e reforçar as relações com os seus parceiros de trabalho.

………………….

ETPZP Saúde nos HUC

Visita de estudo aos Hospitais da Universidade de Coimbra

No passado dia 16 de novembro, os alunos do curso de técnico auxiliar de saúde da Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal realizaram uma visita de estudo aos Hospitais da Universidade de Coimbra e à Unidade de Saúde de Coimbra – Fernão Mendes Pinto, acompanhados pelo enfermeiro Amílcar Carvalho, pela professora Marta Marques e pelo enfermeiro Olímpio Baía.

A visita iniciou-se com a ida à exposição “Um olhar sobre a psiquiatria…” presente no átrio de entrada do edifício do H.U.C. integrada na comemoração dos 20 anos da consulta de prevenção do Suicídio, na qual cada documento, cada equipamento, cada cenário, foto, poster ou vitrina tem um papel pedagógico para a população e para os profissionais de saúde, como é o nosso caso num futuro próximo.

Após uma manhã muito elucidativa sobre o que se faz hoje, tanto nos aspetos de diagnóstico como nos recursos terapêuticos, bem como o esforço dos profissionais para dar aos doentes as melhores condições de vida a nível psiquiátrico, seguiu-se uma tarde passada na Fernão Mendes Pinto, onde foi possível compreender que esta unidade de saúde de Coimbra tem como objetivo dar respostas no que respeita à prestação de cuidados de saúde em tempo útil, de forma a apoiar os cidadãos nas suas limitações através da humanização dos serviços que ali são disponibilizados.

Mas a visita a estas duas unidades hospitalares possibilitou-nos, como alunos do curso de Técnico Auxiliar de Saúde, a identificação do percurso, o contexto de cuidados e tratamento da pessoa com doença mental e psiquiátrica ao longo dos últimos anos, o conhecimento dos materiais e equipamentos de trabalho e outros instrumentos valorizados/utilizados nos cuidados de saúde à pessoa idosa e com dependência, também as respostas preventivas e terapêuticas de apoio à pessoa com dependência em contexto de ginásio ou no internamento/leito e ainda a identificação das tarefas executadas pelo T.A.S. ou pessoa equivalente.

Por fim, esta visita foi, sem dúvida, um enorme contributo para cada um destes alunos nos mais diversos níveis e fará toda a diferença nos seus percursos estudantis.

* Com Andreia Filipa Dias, aluna do 1º ano de saúde.

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Ciência, Comunidades, Destaques, Economia, Educação. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *