Elenco novo em peça velha, por Carlos Fernandes

ELENCO NOVO EM PEÇA VELHA

 

Carlos Fernandes

Recolhamo-nos hoje á insignificância da valeta nacional que parece interessar a todos.

Novos protagonistas na cena nacional vão e continuam a interpretar uma velha peça em vários actos de posse, de que é autor e espectador (sempre descontente com os elencos ) o eminente dramaturgo que se chama governo nacional (desgoverno).

As interpretações de teatro clássico , que fizeram várias épocas passam assim aos artistas de teatro experimental ,que com a sua sapiência de gabinete e altos dotes matemáticos ,resumem a vida ao palco dos números , gráficos e marketing , cujas audiências cada vez são menores pondo em causa a sublime arte da representação, ainda assim permanecendo em cartaz.

Não possuímos , infelizmente (por falta de espírito associativo e cidadania ), Associação Nacional dos Jumentos. Vê-se porém que faz falta pois á medida que a desgovernação  avança , os zurros são cada vez menores ,parecendo uma espécie em vias de extinção , sem voz sem revolta , e com a cumplicidade dos mesmos, avançamos para a morte do teatro nacional , a caminho da tragédia Grega que em abono da verdade , julgávamos que fazia parte do legado histórico de uma cultura.

Nem tem que ser assim amigo: Vi-te a trabalhar o dia inteiro
construir as cidades pr´ós outros
carregar pedras, desperdiçar
muita força p´ra pouco dinheiro
Vi-te a trabalhar o dia inteiro
Muita força p´ra pouco dinheiro

Que força é essa
que força é essa
que trazes nos braços
que só te serve para obedecer
que só te manda obedecer
Que força é essa, amigo
que força é essa, amigo
que te põe de bem com outros
e de mal contigo

ACORDAI

                                                                                       

BEM HAJAM

Carlos Fernandes

 

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Estreito. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *