” A distracção dos aventais”, por Carkos Correia

“A distracção dos aventais”

 

Passada uma semana do Novo Ano constatámos ,o aumento do iva  ,das taxas moderadoras na saúde ,dos transportes ,um aumentar do fosso entre os pobres e os ricos ,um atentado aos direitos de quem trabalha autêntico retrocesso civilizacional, além de assistirmos impávidos e serenos ao promulgar do nosso ilustre presidente de um orçamento cuja constitucionalidade é questionável ,contudo o assunto da semana foi sem dúvida a guerra dos aventais , as secretas as discretas uma enormidade de asneiras de opiniões uma barbaridade de informação gratuita, falsa em que nada abona o jornalismo, informação especulativa nociva em nome de audiências, uma vez mais a informação em desprimor do conhecimento é neste sentido que gostaria de convosco partilhar conhecimento, pois estou convicto que só conhecendo poderemos avaliar assim sendo:

Nota 1,

A Maçonaria no seu nascimento não foi um produto do Iluminismo, existindo documentos que provam a sua existência pelos anos 900 depois de Cristo, sendo verdade que esta Maçonaria, conhecida por Operativa, foi evoluindo, no contexto das castas da velha Cavalaria, até que pelo século XVIII, uma cisão britânica, protestante faz surgir a Maçonaria dita Especulativa e, depois, dentro desta, a Simbólica.

Portugal, pais Templário, e por isso gerador da I Globalização, com o poder económico político e social bem entrosado nas Ordens da Cavalaria ( e dos Templários), não viveu cedo, como a Inglaterra o “entrísmo” Templário na Maçonaria, e, assim, a Maçonaria Especulativa a portuguesa, surge das influencias francófonas, pró Revolução Francesa e pró Napoleão Bonaparte e das influencias anglófonas, numa Corte fragilizada pelo terramoto, pela forte influencia do Marques de Pombal que conseguia juntar dois, para a época e para alguns, “defeitos” – ser Maçon e ser mestiço !

Nota 2,

A Maçonaria portuguesa nasce pois dividida, inter influenciando uma violenta guerra civil e o iniciar do Fim do Império com a Independência, Maçónica do Brasil!

Desta divisão nascem e morrem múltiplas Ordens Maçónicas no século XIX e também múltiplas Carbonárias, diga-se !


No Portugal absolutista, inquisítorial, são presos, torturados e assassinados demasiados Maçons para que se possa esquecer tal, como alguns sectores católicos procuram ainda branquear, e na verdade a Maçonaria será a raiz Liberal deste pais, como da Itália, da Franca, como da América Latina!

E eu atrevo-me a dizer que a Maçonaria está na raiz, por desvio radical, na origem da I Internacional e do Sindicalismo profissional, onde o alemão Karl Marx, evidentemente Macon, tal qual Babeuf, preponderou!


 Nota 3,

Tal como o foram no salazarento Portugal e no tenebroso franquismo espanhol!

Sendo que não poucos dos combates e combatentes antifascistas portugueses foram e São Maçons!

E entre eles homenageio aqui Palma Inácio !

Quanto ao apoio a Mário Soares no pós 25 de Abril para a criação do PS, dizem as más línguas que o padre Melicías poderá dizer algo sobre o papel da Esquerda cristã na criação do PS de hoje, a par com o GOL que, todos o sabem apoiou a criação e crescimento do PSD e até do CDS, enquanto obvias necessidades para o aparecimento de partidos democráticos num pais com 48 anos de vivência totalitária !

Contei já, uma vez mais de uma dezena de jurisdições maçónicas em Portugal entre o século XIX e o 25 de Abril de 1974, pelo que a divisão na Maçonaria se mostra coisa antiga, em Portugal e não só e não somente pela divisão principal entre os Maçons Crentes em Deus e os Maçons ateus ou Agnósticos, ou pelas britânicas, americanas e francesas influencias !

Bem a GLLP, a GLRP, hoje de novo reunidas, ou a GLNP, ou a GLTP, e muito menos o Direito Humano, ou o GOI, também pouco têem a ver, ou mesmo nada, com a necessidade de influenciar o Poder, mesmo que, por existirem, tal qual a Opus Dei, as varias facções da Igreja Católica, e ate a IURD, o façam !

Note-se que entre os Maçons São muitos os que sempre se assumiram, publicamente, note-se que os responsáveis de todas as Grande Lojas Maçónicas São bem conhecidos, publicamente, e note-se que esta nova mas já requentada campanha contra o secretismo maçónico cheira bastante a um ridículo jogo de interesses onde se misturam os empresariais e os de seita , a Opus Dei, neste caso a ser claramente manipulada

Pois bem, esta maçonaria têm morada têm número de contribuinte, têm dirigentes  publicamente conhecidos do GOL é Fernando Lima, da Regular/Legal José Moreno, meus amigos chamar a isto secreto…..

Agora quem está no convento é que sabe o que lá vai dentro, quanto ao resto por favor não nos distraiam com todo o respeito não nos façam tolos arregacem as mangas e trabalhem pois foram eleitos para isso caso se tenham esquecido para servir a causa publica certamente a história os julgará não só pelos vossos actos como pela omissão dos mesmos, mas por favor não nos distraiam!!!!

Carkos Correia                                                

9 de Janeiro 2012

 

 

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em História com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *