EDITORIAL: “Tiro de partida…foi dado”

Jerónimo Martins...na Holanda

EDITORIAL

A Jerónimo Martins, dona do Pingo Doce, Recheio, etc., transferiu-se para a Holanda, num movimento responsável, percursor de outros semelhantes.

O nível de impostos em Portugal é tão elevado que vai fomentar movimentos semelhantes e não é atractivo para investimentos em Portugal.

O actual governo vai cobrar até haver algo, vai fazer penhoras de coisas e equipamentos que fechará em armazéns, numa atitude ilusória, virtual, lamentável.

Penhoram tudo, contas bancárias, reformas, habitações, carros etc, e hoje nem é necessária a intervenção de um Juíz. A insensibilidade está à solta.

Portugal não tem futuro, percebe-se coisa que muito lamentamos.

A Holanda e outros países aplaudem, é evidente.

Governados por um governo de “jovens inexperientes”, desconhecedores da realidade pois a generalidade nunca dirigiu uma empresa (salvo poucas excepções é evidente ) com um Presidente desautorizado pela sua própria prática e responsabilidades, que esperar?

Alexandre Soares dos Santos que factura mais de oito mil milhões e tem dezenas de milhares de empregados, sabe, e bem, que a única forma de tudo salvar é dar este passo. Enquanto os distraidos desta “festa…” preparavam o fim de ano com champanhe, transferiu em 30 de Dezembro as operações para a Holanda e hoje anunciou a “boa nova“. Quem se seguirá?

Director

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Destaques, Economia, Editorial com as tags , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *