EDITORIAL – “Galeria de Subvencionados”

EDITORIAL

“ Galeria de Subvencionados “

– Um País carente de muita coisa, mas, também de “vergonha”-

Falamos agora e voltaremos a falar desta galeria (incompleta) – são mais de 400 os subvencionados – que muitos colegas estão a trazer às suas páginas – e que trataremos sempre que possível com actualidade.

Que fizeram estes “grandes portugueses “?

Foram Deputados e Ministros por alguns anos.

Tiveram bons resultados, contribuíram para o desenvolvimento do País?

Sim, basta ver o estado do país…

Além de serem Deputados, fizeram algo mais de relevante?

Sim, tornaram-se Presidentes de Empresas, algumas que foram tutelados por eles mesmos.

Devem então ter subvenções vitalícias?

Claro, eles próprios, num trabalho profíquos  as criaram.

 ALGUNS CASOS NOTÁVEIS:

. Ângelo Correia – 2200 € para toda a vida;

. Armando Vara – 2000     idem

. Jorge Coelho – 2400  ” (… dá a Instituições de Solidariedade Social…bravo, porque não dá do dinheiro dele e dá antes do nosso…?)

. Dias Loureiro – 1700  ” (Este cria empregos…)

. Ferreira do Amaral – 3000

. Zita Seabra – 3000

. Bagão Félix – 1000

. Álvaro Barreto – 3000

. Duarte Lima – 2200

. Rui Gomes da Silva – 2100

. António Vitorino – 2000

. Carlos Melancia – 9150

. Joel Hasse Ferreira – (+ ) de 3000

. Rui Vieira – (+) de 3000

. Manuela Ferreira Leite – 2700

. Narana Coissoró –  ?

. Almeida Santos –    ?

– Odete Santos –         ?

– Adriano Moreira –  ?

– José Pacheco Pereira – ?

– José Lamego –      ?

( Aos 60 anos de idade esta Subvenção duplica).

…….

Excepções honrosas:

. José Sócrates que acabou com este regabofe e Pedro Passos Coelho que também prescindiu da benesse.

………

O OE tem reservada a verba de 7,8 milhões só em 2012 para fazer face a estes “prémios de bom desempenho”.

Como eles dizem, são direitos adquiridos e só a Lei os pode impedir. E quem é que vai fazer uma lei destas?

Outras situações que urge resolver:

Até agora são conhecidos os casos do Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, que possui casa própria em Lisboa, mas recebe 1400 € por mês para a renda de casa. Como não pode prescindir deste “pequeno valôr ” era bom encontrar uma casa mais barata e, digamos, há muitas.

Também José Cesário ( Secretário de estado da Emigração ) possui subsídio de renda. Haverá mais?

Que pode Pedro Passos Coelho fazer com estas duas entidades e outras?

Muito, dizer-lhes para terem bom senso….

Muitos destes ilustres portugueses vão regularmente à televisão falar das carências dos Portugueses e da necessidade de fazer cortes.

Conseguem essa façanha e fazem-no com um ar sério…

Director

Nota: A força da imprensa pode ser decisiva na resolução destas anomalias. O Ministro Miguel Macedo e o Secretário de Estado da Emigração já anunciaram já que por vontade própria desistem hoje mesmo deste subsídio. Fazem bem, é o mínimo que se esperava.

Também oJosé Pedro Aguiar Branco, Ministro da Defesa acaba de desistir deste subsídio.

Entretanto, no facebook o Deputado José Junqueiro veio lamentar o baixo salário de um Secretário de Estado, cerca de 2000 €. A ser assim, é pouco efectivamente. Será correcto este valor?

De muitos outros não se pode esperar idêntica atitude. Assim, terão de ser eliminadas por Lei que é urgente.

 

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Editorial, Política com as tags . ligação permanente.

Uma Resposta a EDITORIAL – “Galeria de Subvencionados”

  1. António Graça diz:

    O ministro Miguel Macedo disse que vai prescindir do subsídio, embora recebê-lo seja um direito que lhe assiste. Esquece o Sr. ministro hipócritamente, do direito que assiste, aos largos milhares de trabalhadores, de receberem os subsídios de Natal e de férias, que o governo lhes vai estorquir.Ou os direitos são apenas para a classe política.
    Na situação que o país atravessa é imoral esta gentalha continuar a encher os bolsos com o nosso dinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *