Bombeiros de Oleiros e outros na ISNA, fôgo intenso

Bombeiros de Oleiros combatem na ISNA

Pessoal e material de Oleiros socorre ISNA

ÚLTIMA HORA

Já de madrugada, este violento incêndio foi dominado de acôrdo com Rui Esteves, CMDT Distrital. estiveram empenhadas cerca de 55 viaturas, incluindo as colunas de apoio de Leiria e Coimbra.

O fôgo terá sido causado pela queda de uma linha de alta tensão.

……………..

Com uma frente dominada, Vale da Cuba é a maior preocupação no terreno. Todo o material de Oleiros continua empenhado.

……………

Situação complicada na ISNA obriga a reforço de meios.

Mais de 13 viaturas só de Oleiros e meios de vários concelhos como a Sertã, Vila de Rei  e Proença e ainda outros, estão a caminho da ISNA.

No local, as operações estão a ser comandadas pelo 2º CMDT de Oleiros e pelos dois adjuntos de comando, evidentemente também com o apoio de meios de todo o distrito, incluindo o CMDT distrital. meios aéreos procuram ajudar a controlar a situação.

………………. 

O Jornal de Oleiros acompanha os desenvolvimentos na ISNA onde um forte fôgo nos dificulta a vida.

Há minutos em contacto com o Comandante soubémos que estão empenhados meios de todo o distrito, incluindo meios aéreos.
Continuamos a acompanhar.

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, Destaques, Isna, Oleiros. ligação permanente.

4 Respostas a Bombeiros de Oleiros e outros na ISNA, fôgo intenso

  1. Anónimo diz:

    Quem pagará tanto prejuízo, se se confirmar que foi a linha de média tensão (o que não tenho dúvida nenhuma, porque se encontrava muito degradada), que causou este incêndio?

  2. Pedro diz:

    Por vezes pego na minha viatura 4×4 e dou volta à serra para apreciar a natureza, respirar ar puro e onde realmente se pode comprovar a degradação de postes e linhas.

    Um coisa é certa…a culpa vai morrer solteira.
    Alem do mais nesse dia nem estava muito vento(senão o incêndio teria sido bem pior) para a linha ter partido e já houve verões mais quentes.

    Mas a confirmar-se sem duvida EDP deveria indemnizar, mas a EDP é rica e poderosa, as pessoas da terra são pobres e sem poder.

    Num país desenvolvido tenho a certeza que a EDP iria ser chamada à responsabilidade.

    Segundo a EDP
    “Humana. Inovadora. Sustentável.

    São estes os pilares da EDP e da nova marca. Os nossos compromissos traduzem-se em novas imagens: trabalhamos para as pessoas e as suas comunidades, com uma atitude responsável para com o meio ambiente e fortemente empenhados em inovar. O futuro passa, inevitavelmente, por estes três eixos.”

    Como se já não chegasse os incendiários, ainda temos destes incêndios em que “O fôgo terá sido causado pela queda de uma linha de alta tensão.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *