50 anos da História de Oleiros

50 anos de fotografias de Oleiros em destaque no Museu Francisco Tavares Proença Júnior

No âmbito das Comemorações do Centenário do Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco, o concelho de Oleiros vai fazer-se representar com a exposição “Oleiros – 50 anos em fotografia”, de 26 de Outubro a 21 de Novembro, no Salão Nobre daquele Museu. Da autoria de Acácio Martins Fernandes e Alberto Ladeira, esta é uma exposição a quatro mãos que retrata alguns dos momentos mais marcantes da História recente de Oleiros, numa justa homenagem a estes dois vultos da arte de fotografar.

Para além da documentação fotográfica de acontecimentos, envolvendo colectividades e instituições, assim como visitas oficiais, esta exposição irá exibir uma mostra dos utensílios fotográficos dos últimos cinquenta anos, numa perspectiva de evolução tecnológica. Esta é uma exposição que ganha assim uma dimensão abrangente e que para além de aproximar a comunidade Oleirense deste museu emblemático da região e de dar destaque a todo o concelho, enaltece também a Fotografia atraindo os amantes desta arte.

A exposição resulta da compilação das obras fotográficas dos dois autores, retratando os últimos 50 anos da História Oleirense. Acácio Fernandes, de 86 anos, fotografou o concelho de Oleiros durante 30 anos, tendo iniciado a sua profissão quando a fotografia exigia trabalho redobrado. Alberto Ladeira, por seu lado, principiou a carreira como aprendiz ao lado de fotógrafos profissionais que considera os seus mentores: o Sr. Acácio Fernandes (Oleiros) e o Sr. Sarmento (Sertã). Empresário e fotógrafo profissional, é reconhecido a nível local, regional e nacional pelo seu profissionalismo e pela sua ímpar e experiente carreira.

Hoje em dia, é um profissional e empresário de sucesso que devido à sua seriedade e perseverança, gere uma das principais empresas da região na área da fotografia, a Fotodisco, reconhecida em 2003 pela revista especializada “Fotovendas” como a Loja do Ano de 2003. Por acreditar que a obra fotográfica é contínua e interminável e por estar sempre preocupado em partilhar o seu know-how e dotes artísticos com os seus conterrâneos, Alberto Ladeira promoveu em 2007 a importante exposição “Olhar Sobre o Passado – 30 Anos a retratar Oleiros”, cuja organização esteve a seu cargo, contando com o apoio da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Oleiros. A iniciativa resultou do levantamento do arquivo fotográfico de Acácio Fernandes, seu mentor, assim como de todo o equipamento por ele utilizado.

Alberto Ladeira tem participado, ao longo dos anos, em cerca de 40 acções, desde seminários, passando por work-shops, formações e exposições do seu trabalho artístico. Sempre ligado à terra natal, Oleiros, tem documentado acontecimentos relevantes da vida do concelho, dando um contributo importante para o retrato da história local, assim como tem presidido ao júri de várias edições de concursos de fotografia ambiental promovidos pela Câmara Municipal de Oleiros, estimulando tanto o gosto pela arte, como a promoção do património oleirense.

A exposição que se inaugura no dia 26 de Outubro no Salão Nobre do Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco, ao exibir obras fotográficas conjuntamente com a evolução tecnológica do equipamento utilizado por esta arte nos últimos anos, reveste-se assim de duplo interesse. Para além de exibir um retrato dos últimos 50 anos da História de Oleiros, vai também captar a atenção de um público mais específico e interessado pela Fotografia.

Museu Tavares Nunes

Sobre Jornal de Oleiros

Nascemos em 25 de Setembro de 2009.
Esta entrada foi publicada em Castelo Branco, História, Oleiros com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *